Volta às aulas preocupa pais e professores das escolas municipais de Caieiras


Foto: Reprodução / Prefeitura Municipal de Caieiras

Retorno está programado para esta segunda-feira (17).

Pelas redes sociais, mães de alunos e professores da rede municipal de educação de Caieiras expuseram indignação com algumas questões envolvendo principalmente a merenda e as condições das escolas.

O retorno presencial, ainda não obrigatório a todos os alunos, acontece amanhã, segunda-feira, dia 17. Um grupo de professores tem movimentado as redes sociais pedindo um retorno seguro para todos. Uma dessas profissionais, no início desse mês, já havia publicado o alerta de que a merenda aos alunos que voltarem será “seca”, ou seja, somente bolacha de água e sal com leite, pelas próximas duas semanas.

Além disso, há denúncias de falta de funcionários para manter a limpeza adequada das salas e demais espaços das escolas e de professores, afastados por serem dos grupos de risco e ainda não terem sido vacinados.

Em manifestação realizada na noite de sexta-feira (14), professoras denunciaram que, por conta dessa falta de colaboradores, crianças de idades diferentes terão aulas no mesmo ambiente.

Segundo os manifestantes, o objetivo era fazer uma carreata, que, inclusive, teve divulgação nas redes sociais e foi “boicotada” e “censurada” pela Secretaria Municipal de Segurança Pública e Mobilidade Urbana.

O que diz a Prefeitura

A Prefeitura de Caieiras foi procurada via assessoria de imprensa e via Secretaria de Educação. A assessoria de imprensa não se manifestou, mas a Secretaria de Educação informou que os kits de alimentação referentes ao mês de abril ainda serão entregues, pois houve um atraso no processo de compra.

Segundo a Secretaria, com o retorno presencial das crianças, a continuidade da entrega dos kits em casa é uma “possibilidade”. Ainda de acordo com a Pasta, foram adquiridos equipamentos de proteção individual que estão sendo entregues nas escolas, o que é negado pelos professores, que dizem que os alunos terão que levar máscaras de casa.

Por fim, a Secretaria diz que mais de 25% dos profissionais já receberam a primeira dose da vacina e, até a data do retorno presencial dos alunos, todos terão recebido a segunda dose.

1 Comentário

  1. […] ela, durante as duas primeiras semanas após o retorno, essa seria a “merenda” servida nas escolas de […]

Escreva seu comentário no campo abaixo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *