Xepa da vacina: Franco e Morato oferecem doses sobressalentes. Saiba como se cadastrar.


Dos 39 municípios da Região Metropolitana de São Paulo, apenas 10 estão aplicando a chamada “xepa” da vacina da COVID-19, aquele “jeitinho brasileiro”, só que dessa vez para o bem geral e não só de alguns.

Isso foi o que mostrou um levantamento feito pela TV Globo. Para poder fazer parte da “xepa”, é preciso ter mais de 18 anos e alguma das comorbidades ou deficiências físicas previstas no PNI, Plano Nacional de Imunização.

As Unidades Básicas de Saúde (UBSs) são orientadas a não abrir novos frascos ao fim do dia, justamente para evitar esse excedente. Quando isso não é possível, a alternativa é aplicar as doses que sobraram nas pessoas que seriam as próximas da fila. A orientação é clara: não desprezar nenhuma dose.

Das cidades da região do Cimbaju, apenas Francisco Morato e Franco da Rocha estão utilizando a “xepa”. De acordo com reportagem do G1, são poucas as cidades que adotaram esta medida porque, como a imunização é feita por agendamento, é possível ter um controle mais preciso do número de doses que serão aplicadas diariamente para evitar desperdícios.

Francisco Morato

Em Morato, para se inscrever para a “xepa”, basta baixar um aplicativo no site da Prefeitura, preencher seus dados pessoais e aguardar o contato da Secretaria da Saúde. Podem receber receber a vacina quem tem 18 anos ou mais e alguma comorbidade.

Franco da Rocha

O cadastro para a “xepa” é feito presencialmente nas Unidades Básicas de Saúde, mediante a apresentação de um documento oficial com foto. Podem receber a dose quem faz parte dos próximos dois grupos etários a serem vacinados de acordo com o calendário estadual de imunização.

Com informações do G1.

1 Comentário

  1. Edi Carlos Cardoso da Silva
    9 de junho de 2021
    Responder

    Possíve tomar vacina tenho 43 anos não possuo comorvidade

Escreva seu comentário no campo abaixo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *