Divulgadas as datas dos novos testes do Concurso da GCM de Caieiras


Foto: Prefeitura de Caieiras

Em setembro de 2019, a Prefeitura de Caieiras abriu o Concurso Público n.º 03/2019, que contrataria mais 70 guardas para o efetivo da GCM.

Além das provas objetivas, uma das etapas para seleção dos candidatos é o teste de aptidão física (TAF) e a aferição de altura. Veio a pandemia e, mais de um ano depois, somente em dezembro de 2020, foi publicada na Imprensa Oficial do Município a convocação para os testes físicos, que seriam realizados nos dias 5 e 6 daquele ano.

Ontem (19), o Secretário de Segurança Pública e Mobilidade Urbana, Guilherme Rigo, publicou em suas redes sociais um comunicado informando que o Teste de Aptidão Física realizado no final de 2020 foi considerado nulo pela Justiça, que se mostrou favorável aos recursos impetrado por candidatos que alegaram um suposto descumprimento no prazo entre a publicação das datas e a realização dos testes, o que atrasou ainda mais o andamento do Concurso. Dessa forma, será realizado um novo TAF e aferição de altura nos dias 18 e 19 de setembro de 2021, no Estádio Municipal Carlos Ferracini.

Ainda segundo Rigo, a empresa organizadora do Concurso, a RBO, deverá publicar nos próximos dias mais informações sobre as próximas etapas do Concurso.

A Redação do Expresso Urbano entrou em contato com prefeito à época, Gerson Romero, e com o atual prefeito, Gilmar Lagoinha, em busca de esclarecimentos sobre o Concurso.

Gerson, em nota, informou que a programação inicial do Concurso previa a incorporação dos novos guardas em janeiro de 2021, mas, com a troca da administração, o certame foi paralisado até o momento.

Já a assessoria da Prefeitura de Caieiras e do prefeito Lagoinha não se manifestaram até a publicação desta reportagem.

1 Comentário

  1. junior
    21 de julho de 2021
    Responder

    Na minha opinião Acho que desde a prova até os últimos processo de aprovação para o processo concurso da guarda civil tinham que ser anulada desde o começo pessoas falam que as provas foram alteradas e mais esses impasses tira completamente a credibilidade do concurso que foi feito em 2019 Essa é a minha opinião

Escreva seu comentário no campo abaixo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *