Copa América 2021 será no Brasil


Foto: Reprodução

Num momento em que a crise sanitária provocada pela COVID-19 continua sem dar trégua, o Brasil foi anunciado pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), como a nova sede da Copa América 2021, após Argentina e Colômbia desistirem.

O Conmebol, em comunicado no Twitter, agradeceu o presidente Jair Bolsonaro por “abrir as portas do país para o torneio esportivo  mais seguro do mundo”.

O torneio está previsto para começar já daqui a duas semanas, em 13 de junho, com a final no dia 10 de julho. Segundo informações do Globo Esporte, a Conmebol quer realizar a final no Estádio do Maracanã (RJ)

O porquê das desistências de Argentina e Colômbia

Assim como é o quadro do Brasil, a situação da Argentina em relação à pandemia não é das melhores. O país de 45 milhões de habitantes registrou até agora mais de 3,6 milhões de casos, com mais de 76 mil mortes.

Já a Colômbia justificou a desistência de sediar o torneio por conta dos protestos populares que tomam as ruas do país.

Chile, Equador e Venezuela haviam se oferecido para ser o país sede do Torneio, mas foram preteridas pela Confederação Sul Americana de Futebol.

Repercussão

Jogadores, jornalistas e comentaristas já se posicionaram contra a realização da Copa América no Brasil.

Brincadeiras à parte, falem o que for, mas a indústria mais eficiente desse país é a de memes. Prova disso é que algumas horas depois, a internet já estava cheia de memes engrossando o coro contra a decisão do Governo Brasileiro de aceitar sediar o torneio enquanto ainda morrem mais de 2 mil pessoas por dia vítimas da COVID-19.

O “Cloroquito” já foi escolhido como o mascote não oficial da Copa América, que está sendo chamada de “Cova América” e de “Covidão América” no Twitter. Veja abaixo:

Foto: Reprodução

 

Foto: Reprodução

 

Foto: Reprodução

 

Foto: Reprodução

 

Comentários

Escreva seu comentário no campo abaixo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *