Cajamar cria Centro de Apoio à Pessoa com Deficiência


Foto: reprodução

Projeto é em parceria com a USP e tem foco em jovens com transtorno do espectro autista.

Em 2020, a Prefeitura de Cajamar firmou uma parceria com a Escola Politécnica da USP (Poli-USP), para oferecer um atendimento especializado para crianças e adolescentes com transtornos cerebrais, por meio da implantação do Centro de Apoio à Pessoa com Deficiência (CAPcD) e Centro de Atenção Psicossocial Infantil (CAPSi).

Os atendimentos são realizados para os alunos dos cursos básicos e intermediário, além das pessoas com dificuldades de aprendizagens e outros possíveis transtornos, matriculados na rede municipal regular de Cajamar.

A Prefeitura informou para a redação do Expresso Urbano que o Convênio de Cooperação Técnica com a Universidade de São Paulo foi estabelecido em fevereiro de 2020, com isso, Cajamar se tornou a primeira cidade do estado de São Paulo a realizar um convênio com atendimento à criança com deficiência, com ênfase em Transtorno de Espectro Autista (TEA) e com um olhar especialmente voltado a atenção psicossocial infantil.

O local possui consultório médico, sala de triagem, enfermaria, sanitários com acessibilidade e sala com jogos interativos destinados ao atendimento educacional especializado (AEE), com recursos tecnológicos avançados, com o intuito de desenvolver treinamentos diferenciados para auxiliar o desenvolvimento dos alunos com deficiência. A iniciativa conta com o acompanhamento de uma equipe médica multidisciplinar, incluindo psicólogos, psicopedagogos, fonoaudiólogos e fisioterapia.

Comentários

Escreva seu comentário no campo abaixo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *