Morre Bruno Covas, prefeito de São Paulo, aos 41 anos


O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), morreu neste domingo, às 8h20, na capital paulista, vítima de complicações de um câncer no sistema digestivo.

Neto do ex-governador Mário Covas, que também sucumbiu ao câncer, o prefeito de São Paulo dizia que tinha orgulho de ser político e continuou trabalhando durante todo tratamento. O tucano deixa o filho Tomás, de 15 anos.

Era um político considerado moderado e de centro. Bruno foi, além de prefeito, deputado estadual, deputado federal, secretário estadual do meio ambiente e vice-prefeito de São Paulo.

Quem assume a Prefeitura de São Paulo é Ricardo Nunes, conservador e filiado ao MDB. O novo prefeito teve seu nome citado em investigação do Ministério Público para apurar relação de políticos com aluguéis de imóveis das creches terceirizadas e queixa de violência doméstica.

Comentários

Escreva seu comentário no campo abaixo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *