Com SP em lockdown, Doria define igrejas como atividade essencial


Foto: Reprodução/Facebook.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta segunda-feira (01) a assinatura do decreto que classifica as igrejas como atividades essenciais em todo o estado. O anuncio foi feito ao lado do vice-governador, Rodrigo Garcia, de deputados federais e estaduais de SP que fazem parte das Frentes Parlamentares Evangélicas, representantes da Igreja Católica e de outras religiões. O decreto será publicado amanhã (02) no Diário Oficial.

São Paulo encontra-se em uma das fases mais restritivas desde o início das medidas para conter a disseminação do Coronavírus. O estado endureceu a fiscalização de aglomerações e movimentações entre as 23h e as 5h até o dia 14 de março.

“Reconhece (o decreto) a essencialidade de todas as igrejas no estado de São Paulo e o seu funcionamento com a regularidade, obedecidos os critérios sanitários de proteção aos que dela participam. Esperança, fé e oração, com vacinas, vamos vencer a Covid. Viva a vida!”, comentou Doria.

Comentários

Escreva seu comentário no campo abaixo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *