Cidades da região concentram maior alta de óbitos em toda a RMSP


Foto: Bruno Kelly/Reuters.

Uma reportagem exibida na edição de hoje (09) do SP1, da TV Globo, trouxe um dado alarmante: as cidades da sub-região norte da Região Metropolitana de São Paulo, ou seja, os municípios de Caieiras, Cajamar, Franco da Rocha, Francisco Morato e Mairiporã são as que registraram a maior alta no índice de óbitos dentre todas as demais sub-regiões: 138%.

Em seguida, vem as sub-regiões Oeste (cidades como Osasco e Barueri), com 93%, a Capital, 45%, o ABC paulista, com 28%, Leste (Guarulhos e Mogi das Cruzes) com 21% e a Sudoeste (Itaquaquecetuba e municípios do entorno), com 4%.

A Prefeitura de Caieiras expediu ontem um parecer que libera o funcionamento de várias atividades, desde oficinas mecânicas até academias. As aulas na rede municipal continuam suspensas. O município, de acordo com o último boletim, tem 139 vítimas fatais da COVID-19.

Franco da Rocha e Mairiporã, entretanto, foram muito mais rígidas e proibiram, enquanto durar a fase vermelha, até o funcionamento de escolas particulares.

Número de óbitos por COVID-19 na região:

De acordo com os boletins mais recentes divulgados pelas Prefeituras da região, o número de óbitos em cada município é o seguinte:

  • Caieiras: 139
  • Cajamar: 90
  • Franco da Rocha: 139
  • Francisco Morato: 168
  • Mairiporã: 121

Comentários

Escreva seu comentário no campo abaixo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *